quarta-feira, março 04, 2009

Caso Clínico 06/09 - Efeitos da não administração correcta do fenobarbital em cão

video



Este é o Pombinho um pinscher com 9 meses de idade que têm epilepsia. A dona dele é muito velhinha e de x em quando esquecia-se de dar a medicação para a epilepsia ao Pombinho.
O primeiro video demonstra como os animais podem desenvolver sinais neurológicos se a medicação para a epilepsia é dada de forma descontinuada.


video
No dia seguinte, após medicação apropriada, o Pombinho já tinha mais equilibrio e andava já sem dificuldades!
Este é um apelo para donos que têm animais que têm doenças crónicas nas quais há necessidade de administrar o animal medicamentos com toma diária: as variações da toma do medicamento fazem com que a doença não esteja controlada e, como tal, poderão surgir os sinais clínicos da mesma.
No caso da epilepsia é necessário haver uma dose de manutenção no sangue do medicamento de forma a que este tenha o efeito desejado e , quando há descontinuação da medicação, esta dose de manutenção desce de uma forma muito brusca provocando alterações no estado mental do animal bem como na forma de andar.

Sem comentários: