segunda-feira, abril 16, 2012

Glândulas Perianais - Uma dor de cabeça e não só...


 Já alguma vez o seu cão/gato rastejou com o rabo no chão? Existem 2 razões para isso: parasitas intestinais ou inflamação e impactação das glândulas perianais.

É verdade! Quando falo de glândulas perianais só me vem à cabeça o cheiro a peixe podre que elas deitam cada vez que as esvazio na consulta.

As glândulas perianais são umas glândulas sebáceas que se encontram junto ao ânus e apresentam um oríficio na mucosa anal por onde as secreções normalmente saiem aquando da marcação territorial dos animais. O que é facto é que esta marcação começa a deixar de ter sentido na conjectura actual e, como tal, são menos utilizadas pelos nossos animais fazendo com que, por vezes,  haja uma acumulação de secreção sebácea na glândula levando à impactação, inflamação e por fim, à ruptura da mesma.



 Nesta figura as glândulas perianais são designadas por "anal sac", e têm a forma de pequenas pêras.


A ruptura da mesma é uma das razões pelas quais as pessoas trazem o seu cão/gato à consulta e há formas de prevenir esta situação. Encontrei na net esta imagem que é bastante elucidativa da forma como, em casa, pode proceder ao esvaziamento das mesmas. Eu aconselho que faça este procedimento na altura do banho, pois as secreções estão mais fluidas devido à temperatura morna da água para além de poder lavar essa zona dos resíduos desta secreção (que tem um cheiro bastante desagradável....).




Para esvaziar as glândulas deve fazer um movimento de baixo para cima, com o dedo indicador e polegar orientados lateralemente à mucosa anal. Faça este movimento com um papel absorvente para evitar  que a secreção se espalhe pela casa...

2 comentários:

Hildberto Magalhães disse...

Não fazia ideia... bastante informativo

Filipa Branquinho disse...

obrigada!