terça-feira, agosto 19, 2008

Caso Clínico 19/08 - Piómetra fechada numa cadela após injecção abortiva

Apresentou-se à consulta uma cadela de raça indeterminada com peso corporal de 13 kg, de seu nome Fofinha, com história de à cerca de 3 semanas ter levado uma injecção abortiva depois de um encontro casual com outro cão. A dona foi alertada para todos os riscos que daí podiam advir e se detectasse algo suspeito ( corrimentos vaginais anormais, vómito, prostação e anorexia) para voltar à clínica.

A dona contactou-me telefonicamente a dizer que ela andava muito tristonha e que fazia o xixi normal seguido por várias tentativas de urinar, no entanto urinava às pinguinhas uma urina mais espessa muito mal cheirosa e lambia muito a vulvinha. Recomendei vir à consulta para ser observada.

No exame físico a temperatura rectal estava normal apesar de estar no limite máximo 39,1ºC, rosada, sem corrimentos vaginais aparentes e à palpação abdominal detectou-se a presença de uma massa em forma cilindrica. Após esta detecção realizámos uma ecografia, que nos confirmou a presença de piómetra fechada com marcação de cirurgia de urgência.

O útero cheio de conteúdo muito irregular, confirmando a suspeita.


Realizou-se uma OVH


Ruptura da parede uterina para se ver o seu conteúdo, suspeito que o xixi às pingas mais espesso fosse o primeiro sinal de infecção uterina, que a dona de início associava a uma infecção urinária.


As piómetras fechadas são muito mais dificeís de diagnosticar comparada com as piómetras abertas em que há um verdadeiro corrimento vaginal. As piómetras fechadas têm normalmente sinais muito inespecíficos - quebra no estado geral - e pouco patognómicos. Este é um exemplo que uma boa história clínica e um bom registo clínico do animal poderá fazer a diferença.

A Fofinha foi para casa com antibiótico, anti-inflamatório, colar isabelino e betadine tópico na sutura.

6 comentários:

Vivian disse...

É uma pena que nem todos os veterinários estão atentos a esses sintomas. Eu como Dona, relatei para 2 veterinários todos os sintomas da Piometra, que no caso da minha cachorrinha era fechada, mesmo relatando isso, nem um dos 2 veterinários conseguiram detectar como hipotese essa doença, minha cachorrinha sofreu com muita dor e nos ultimos instantes fizemos uma ultra aonde confirmou a infecção generalizada. Ela como estava fragilizada em sentindo dores a 2 dias indo e voltando das clinicas médicas, infelizmente não aguentou, acho q nem a anestesia. Fico triste pois vejo que médicos em geral não se esforçam o suficiente .. Deduzem coisas, medicam sem ter certeza .. E qdo se trata de animais, aonde não temos assistência rápida, infelizmente só podemos contar com Deus e com a sorte ...
É importantíssimos os Donos de cães e gatos lerem muito ... Vivian

Snowhite disse...

Lamento o que aconteceu com a sua cadela, de facto as piómetras fechadas são como bombas silenciosas dentro das fêmeas pois não são de fácil diagnóstico e sianis clinicos pouco específicos.

Filipa Branquinho, DVM

Hosana disse...

Boa tarde!
Minha cadela é da raça pinscher e tem 8 anos...Na semana que antecedeu o carnaval ela apresentou os seguintes sintomas : Falta de apetite , moleza no corpo ,barriga inchada , não latia e estava apática,.Na segunda de carnaval a levamos na urgência veterinária onde foi verificado que ela estava com quase 40º de febre.Ficou internada para realização de exames ...
Foi detectado através de ultrassonografia e exame de sangue que ela estava com piometra fechada..
Foi realizado o procedimento cirúrgico , com sucesso , porém 48 h após , já pertinho dela receber a alta médica pois aparentemente estava muito bem , ela começou a apresentar vomitos de sangue .
Fique APAVORADA!!!
Ela continua internada e peço a Deus que a dê recuperação para que possa vir são e salva para casa .
Eu a amo muuuuuito!!!!!

Snowhite disse...

espero que tudo esteja a correr bem com a sua cadelinha! Infelizmente a piometra é uma infecção grave se não tratada a tempo.

Anónimo disse...

Boa noite,
Fiquei sabendo hoje do diagnostico da minha cachorrinha, que está com piometria fechada... Descobrimos agora pois ñão apresentava nenhum sinal da doença, com excessão de tremer muito pela manhã de hoje. Além disso, nada ocorreu....
O veterinário optou por tentar trata-la com medicamentos e, se em uma semana não houver resultado, ela fará a cirurgia...
Tenho medo de perde-la pois não tem nem 4 kg.

Gostaria de saber se alguém passou por essa experiência e se tem algo a comentar sobre o caso dela!
obrigada!!

Anónimo disse...

Como foi a cirugia da sua cachorra, pois descobri a 10 dias que minha cachorra esta com piometra fechada, é uma boxer tem cinco anos, só percebemos agora , pois ela começou a engordar, sempre se alimentava bem, corria e estava disposta,diminui a comida achando que obesidade mas continuava igual aí chamei veterinário que esta fazendo um tratamento com injeção, para para diminuir a infecção, sa vai fazer um ultrason,,,, para marcar cirurgia